quinta-feira, 16 de janeiro de 2014


"Transformei-me no homem de todas as desculpas para não voltar a amar. O homem que dizia não ao amor. E estava feliz. Tão perfeitamente feliz sem amor. Tão perfeitamente feliz até essa tarde no café."

Sem comentários:

Enviar um comentário